Adriana Naves de Roku: O público brasileiro é “early adapter”

Para Adriana Naves, head de distribuição de conteúdo para América Latina da Roku, o consumidor brasileiro é um “early adapter” e que este é um país onde o mercado é pioneiro. “Vemos o mercado hibrido que mudou com a pandemia. O mercado de streaming no Brasil tem um consumo mais ativo e engajado, é maior que o norte-americano”.

No painel, “Novas plataformas de distribuição e o papel dos agregadores”, do PayTV Fórum realizado os dias 9 e 10 de agosto passado , Adriana disse que a pandemia trouxe mudanças importantes a ecossistema audiovisual, e uma que veio junto com o streaming foi a da postura do consumidor, “porque ele tem mais poder”, e no Brasil isso ainda é mais forte. “O modelo está em evolução”, dalguma forma aqui, explicou, “somos pioneiros. Vemos o mercado híbrido, o mercado de subscrição que mudou com a pandemia”.

Adriana disse que a entrada da Roku foi ser “um grande agregador de conteúdo”, independentemente se o conteúdo chega de TV paga tradicional ou de plataformas de streaming. “Hoje levamos o conteúdo ao ponto de venda. Nós somos um braço de operação das operadoras de TV por assinatura, por exemplo”.

“Em termos de conteúdos, disse a executiva, a Roku está aberta.” Para nós tudo interessa. Queremos ter tudo tipo de conteúdo na nossa plataforma. Temos duas maneiras, no nível global temos todos os grandes lideres globais. No Brasil, o meu papel é ter os players locais. Trabalhamos de duas formas, fazemos questões de mostrar o nosso conteúdo, por isso, comunicamos que o conteúdo está na plataforma”. 

Por outro lado, Adriana afirmou que se não há mais conteúdos na plataforma é porque o mercado tem um problema de desenvolvimento de aplicações. “Hoje, cada um tem uma plataforma diferente, isso gera dificuldade de adaptação”.

Entre as novidades da plataforma, Adriana anunciou que nos próximos tempos, “a Watch TV estará na Roku. Vamos traze-la para dentro da nossa plataforma para dá-lhe mais visibilidade”, e com isso, explicou, vamos a plataforma vai chegar a um número maior de ISPs.

Please follow and like us:
Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram

Otras Noticias