Soul TV: ‘Levamos as TVs conectadas recursos de Social TV, Live Commerce e T-Commerce, abrigando canais abertos, por assinatura, pay per view e VoD’

Ricardo Godoy da Soul TV

Soul TV, plataforma global gratuita de canais de TVs foi lançada no Brasil no mês de julho e segundo seu CEO e Head de Inovação e Transformação Digital, Ricardo Godoy, chegou para “agitar a transição de broadcast para streaming”, que integra dentro da plataforma “anúncios clicáveis e patrocinadores master clicáveis que são exibidos na tela e não atrapalham o telespectador. Esse conceito de Social TV é uma excelente forma de interação entre amigos durantes as transmissões”,disse o executivo à reportagem da Prensario. 

Godoy disse que outra ferramenta que estreará nos próximos meses é o T-commerce, ou seja, é o comércio via TV. Nesse sentido, o sistema apresenta ferramentas que podem impulsionar o desenvolvimento desta tendência de forma exponencial. “Por meio da interação entre televisores e celulares em apenas um clique, a plataforma funciona como um canal de marketing ao permitir vendas, além de publicidade interativa e endereçável”.

A Soul TV estabeleceu acordo operacional mundial com Samsung e LG que, juntas, detêm 90% do mercado brasileiro de TVs conectadas, explicou o CEO e disse que é possível fazer o download da plataforma em smartphones, tanto iOS quanto Android.

Godoy afirma que entre os benefícios da Soul TV está levar conteúdo diversificado e gratuito para a população que mora afastada dos grandes centros e com dificuldades para obter sinal para assistir televisão. ‘Para acessar a nossa plataforma, basta contar com um sinal de internet e usufruir da nossa programação disponibilizada em 90 canais’, explica Godoy. Outro diferencial é o fato dea plataforma permitir que os canais regionais, que contavam apenas com a audiência local, tenham alcance mundial.

Tecnologia  e monetização

Segundo Godoy, o projeto da Soul TV foi idealizado e erguido no Brasil. A operacionalização conta com diversos fornecedores e parceiros de tecnologia sediados no País e no exterior. Desde o segundo semestre de 2020 a plataforma operou em modo beta. Nesse período foi possível testar sistemas e interfaces, bem como as integrações necessárias. O serviço de TV interativa já alcança mais de 250 milhões de lares no Brasil e em 196 países conquistando audiência nos Estados Unidos, Peru, Colômbia, México e Equador, disse Godoy.

O executivo explicou à reportagem que o playout dos sinais é feito de forma simples. “Cada canal compartilha ou nos envia o seu próprio sinal, contendo uma programação pré-definida ou ao vivo”, e como a Soul TV tem CDNs próprios para projetos de grande audiência o sistema se sustenta, porém, “normalmente os canais possuem sua própria estrutura”.

O modelo comercial comentou o executivo, passa por “agregar diversos tipos de canais de TV com suas programações diárias do Brasil e do mundo, apesar de termos no menú a opção de videos on demand. “A Soul TV não tem concorrentes. TV aberta ou por assinatura, influenciadores, produtoras, publishers, empresas de todos os segmentos, clubes de futebol, associações culturais e esportivas, entre outras organizações, podem viabilizar seus canais com facilidades nunca antes disponíveis».

Soul TV

Criada por Ricardo Godoy, empresário com mais de 25 anos de experiência no mercado publicitário, a Soul TV conta com um outro nome de peso, Winston Ling, empresário brasileiro e investidor da plataforma. «Tomei a criação da Soul TV como uma jornada. A televisão ainda é protagonista na casa dos consumidores. Porém, o comportamento das pessoas não é mais o mesmo de dez anos atrás. Hoje, o telespectador busca interatividade e grande diversificação de conteúdo e a Soul TV apresenta a melhor integração entre audiência, conteúdo, publicidade e consumo», finalizou.

Please follow and like us:
Twitter
Visit Us
Follow Me
LinkedIn
Share
Instagram

Otras Noticias